Falando ainda de cinema nacional

Vc sabe dizer qual foi a maior bilheteria do cinema nacional ?

Dona Flor e seus dois maridos (1976), onde teve 10.735.524 para ser bem exatos. Além de ter sido lançado no auge do sucesso de público do cinema nacional, o filme, adaptado do romance homônimo de Jorge Amado e dirigido por Bruno Barreto, superou até as expectativas mais otimistas da época. Apenas para ter uma idéia do tamanho da coisa o filme que vem em segundo lugar é A dama da lotação (1978), que teve apenas 6,5 milhões de espectadores.

Uma boa olhada nos top10 do cinema nacional veremos que até o Tr0pa de Elite, ainda no cinema ou na banca de Dvd´s pirata mais próxima da sua casa, existe apenas 1 produção de 1990 até agora – Os Dois filhos de Francisco, na quinta colocação, com 5,3 espectadores. E dentre os 20 primeiros 13 são dos trapalhões com uma média de público de 3,9 milhões de pessoas.

No total apenas um filme consta na lista das 10 maiores bilheterias do ano no Brasil. Enquanto apenas o Homem-aranha 3, levou 6 milhões para as salas de cinema, a Grande Familia levou apenas 2 milhões. Mas o pior nem é isso: Somando as bilheterias dos 39 filmes nacionais lançados no primeiro semestre de 2007, chega-se à soma de apenas 4,8 miljhões de espectadores- O filme LUA CAMBARÁ, foi visto apenas por 59 pessoas (seria o próprio elenco?? ). Enquanto isso, com um levantamento feito pelo pessoal do Sindicato dos Distribuidores do RJ, que nem sei pq levantou esses dados em vez de estarem na praia, no mesmo período os estrangeiros (leia-se Hollywood), atraíram 43 milhões de pessoas para as telonas. “É coisa de brasileiro ver é apenas coisa de gruingo.”

Segue uma cena polêmica na época do filme da D. Flor e seus amores.

Cap. Nascimento

Para quem já viu o filme, seja no cinema ou pirata, pois ao que parece a grande maioria só viu no Dvd pirata mesmo……O que é uma bosta para as produções de cinema nacional, pois além de não ter grana para fazerem o filme dependem do faturamento do mesmo e acabam por não receber essa receita, pois o mercado da pirataria pega tudo… Esses dias em uma entrevista no Altas Horas, o ator Wagner Moura ficou até bravo com a história da pirataria, pois a grande foi feita a seguinte pergunta ao público: – Quem assistiu ao filme ? Um grande número levantou a mão (90% da platéia), logo em seguida perguntaram: – E quantos viram o filme no cinema ? Um número bem pequeno levantou a mão (- de 10% dos que haviam levantado afirmando que já tinham assistido), indicando que a grande massa mesmo está preferindo comprar o Dvd no camelô por 10,00/15,00 do que pagar os 12,00/16,00 para ir no cinema e assim prestigiar os atores e as produções nacionais, que diga-se de passagem apenas “Cidade de Deus” e esse agora ” Tropa de Elite”, os que escancaram as favelas do Rio são os filmes que merecem serem vistos, pois o restante quando não dão sono são de péssimas qualidades cinematográficas e/ou tem cara de mini-série global.

Milagres no Brasil, by Bento XVI

QUEM DISSE QUE MILAGRES NÃO ACONTECEM NO BRASIL?

Papa Bento XVI operou três milagres no Brasil:

Fez seu avião aterrisar 30 minutos antes do previsto;
Fez a polícia sair às ruas;
Sendo alemão e morando na Itália …. falou português melhor do que o Lula

papa

Apenas rindo mesmo…. Alías, não nos sobra muitas opções ou motivos para rir… Sorrir é uma coisa.. rir de verdade é outra…